Expectativas de que a retalhista venha a aceitar pagamentos em moedas digitais ajudaram a criptomoeda a aproximar-se dos 40 mil dólares.

moeda digital bitcoin disparou cerca de 15% para perto dos 40 mil dólares (34 mil euros), suportada em especulação de que a retalhista Amazon poderá começar a aceitar pagamentos em criptomoedas.

Desde meados de junho que a moeda digital mais valiosa do mundo não atingia este patamar. O preço do bitcoin chegou aos 39.770 dólares esta segunda-feira, segundo dados da Coinbase. Às 12H30, seguia a ganhar 12,3% para 38.521 dólares. A segunda maior moeda digital, ethereum, seguia a subir 8,7%, à mesma hora, para os 2.345 dólares, depois de ter superado hoje os 2.390 dólares.

Investidores que apostavam na queda do preço do bitcoin também se apressaram a comprar o cripto ativo para liquidar as suas posições, o que elevou o valor da moeda, disseram corretores à agência Reuters.

PUB

CONTINUAR A LER

A Amazon publicou um anúncio na semana passada visando recrutar um profissional para a função de "digital currency and blockchain product lead" para integrar a sua equipa de 'Pagamentos'. O anúncio espoletou expectativas de que a retalhista vai passar a aceitar bitcoin e outras moedas digitais como meio de pagamento.

Na semana passada, Elon Musk disse que a Tesla irá retomar provavelmente a aceitação do bitcoin como meio de pagamento, assim que concluir a devida análise aprofundada sobre o seu uso de energia. O fabricante de automóveis suspendeu em maio a aceitação de bitcoin, o que contribuiu para uma forte onda de vendas do cripto ativo.

O presidente-executivo da rede social Twitter, Jack Dorsey, afirmou, também na semana passada, que a moeda digital é uma "grande parte" do futuro da empresa.

Em conjunto, estas declarações e a especulação em torno da Amazon, levou a que investidores que apostavam na descida do preço do bitcoin desistissem, comprando a moeda para fechar posições.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto