Dois anos depois da Angra ter sido integrada no Património Mundial da UNESCO, Joaquim Ponte chegou a Presidente da Câmara, numa altura em que houve necessidade de gerir muitas tensões com a população obrigada, no Centro Histórico, a cumprir as regras emergentes da classificação como património.

Hoje, Joaquim Ponte, acha que todo o percurso feito de 1983 até hoje valeu a pena

PUB

Pin It