Sumo Pontífice foi intervencionado a uma "estenose diverticular sintomática do cólon".

O Papa Francisco saiu do hospital, esta quarta-feira de manhã, avança a Associated Press, dez dias após ter sido operado a uma "estenose diverticular sintomática do cólon". Testemunhas citadas pela agência de notícias revelaram que o Sumo Pontífice, de 84 anos, foi visto a abandonar a Policlínica Gemelli, em Roma, numa viatura automóvel.

Francisco foi submetido à intervenção cirúrgica, onde lhe foi removido metade do cólon, no passado dia 4. Esta operação, que estava já programada, foi realizada pelo médico Sergio Alfieri. Durou cerca de três horas.

O Papa tinha dado entrada na unidade de saúde após a oração dominical do Angelus em que anunciou aos fiéis reunidos na Praça de São Pedro do Vaticano a sua próxima viagem à Hungria e Eslováquia, de 12 a 15 de setembro.

PUB

CONTINUAR A LER

Esta foi a primeira hospitalização conhecida do Papa desde que foi eleito para líder máximo da Igreja Católica, em 2013.

De recordar que Francisco apareceu pela primeira vez em público no passado domingo, depois de ter sido submetido à intervenção cirúrgica. O pontífice surgiu na janela do quarto da clínica onde estava internado e leu uma mensagem onde vincou a importância da saúde.

"Queridos irmãos e irmãs, bom dia! Estou feliz por poder cumprir o compromisso dominical do Angelus, também aqui na Policlínica 'Gemelli'. Obrigado a todos. Senti muito a vossa proximidade e o apoio das vossas orações. Muito obrigado", disse o Papa Francisco na sua intervenção.

 

Pin It