É a quinta vacina aprovada na União Europeia, depois das vacinas da Pfizer, Moderna, AstraZeneca e Johnson & Johnson.

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, sigla em inglês) aprovou esta segunda-feira o uso da vacina produzida pela norte-americana Novavax em pessoas com mais de 18 anos de idade. Esta é a quinta vacina aprovada na União Europeia e que à semelhança dos fármacos da Pfizer/BioNTech, Moderna e AstraZeneca, é administrada também em duas doses, diferente da vacina de toma única da Johnson & Johnson.

De acordo com o comunicado divulgado esta manhã, e citado pela agência “Reuters”, a vacina foi aprovada “após uma avaliação minuciosa” pelo Comité de Medicamentos Humanos [da EMA] e “concluiu com consenso que os dados relativos à vacina são robustos e cumprem os critérios da União Europeia para eficácia, segurança e qualidade”.

A empresa deverá começar a distribuir estas vacinas pelos Estados-membros em janeiro de 2022. Recorde-se que em agosto, a Comissão Europeia fechou um contrato com a farmacêutica para a compra de 100 milhões de doses com uma opção de aquisição de mais 100 milhões de doses adicionais ao longo dos próximos dois anos.

Na quinta-feira, publicaram-se os resultados completos da eficácia da vacina da Novavax na revista científica New England Journal of Medicine: esta vacina mostrou uma protecção de 100% contra a doença moderada e grave e de 93,2% contra as variantes de interesse e de preocupação predominantes e uma eficácia de 90,4% contra a Covid-19 de qualquer tipo de gravidade durante o período de tempo avaliado.

PUB

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia