Há novos sintomas associados à infeção por coronavírus. E são cada vez mais surpreendentes.

A lista de sintomas apresentados por doentes diagnosticados com coronavírus não pára de aumentar. Aos sintomas clássicos juntam-se também dedos enrugados, mãos secas e urticária, segundo os relatos de vários usuários da rede social Reddit, citados pelo The Sun.

De acordo com o jornal britânico, uma mulher disse que os seus dedos ficaram secos e gretados depois da infeção pelo vírus pandémico.

Em declarações à revista estadunidense-canadense Vice, o epidemiologista Tim Spector relaciona a descamação da pele com outro sintoma amplamente relatado. "Assemelha-se aos 'dedos de Covid' que são, de facto, uma realidade", disse o também professor do King’s College London e responsável pela aplicação móvel do Estudo de Sintomas de Covid, promovido pela empresa de investigação científica Zoe.

Outra internauta partilhou no Reddit que a pele das mãos fica enrugada sempre que esta toca em água. Segundo a própria, este aparente sintoma surgiu por volta do quinto dia de infeção.

PUB

CONTINUAR A LER

A urticária também aparece com bastante frequência nos relatos de quem recuperou da Covid-19. No entanto, há uma explicação: as infeções virais são um gatilho para a condição, uma vez que provocam o colapso das células e a libertação de histamina, que funciona como um mediador do sistema imunitário.

Embora não sejam oficiais, estes sintomas vêm somar-se aos já conhecidos e que constam entre os critérios para despiste da Covid-19, tais como a febre, tosse persistente, cansaço e perda do paladar ou olfato.

Lembre-se que deve procurar assistência médica imediata se apresentar sintomas graves. Já as pessoas com sintomas ligeiros devem tratar-se em casa. Em média, uma pessoa infetada com o vírus demora cinco a seis dias a manifestar sintomas. No entanto, pode demorar até 14 dias.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto