A construção de um porto no rio Macuse em Moçambique está agora mais próxima da realidade com a garantia de um financiamento de centenas de milhões de dólares por uma companhia americana de investimentos

Com efeito a companhia Ethos Management anunciou ter chegado a um acordo de financiamento com a Thay Mozambique Logística, TML, para “uma infusão significativa de 400 milhões de dólares que vai continuar por vários anos”.

A construção do porto de Macuse foi concebida em 2013 como parte do Projecto de Caminhos de Ferro e Porto Moatize Macuse. A TML é a concessionária para construir e operar o corredor de 639 quilómetros e um porto de águas profundas em Macuse

A EThos Asset Mangament que vai assim financiar a construção do porto disse que o projecto portuário vai ser feito em duas fases e após ter sido completada a segunda fase o porto poderá começar a ser usado para exportacões e importações de países vizinhos.

Não foram das datas para o fim das duas fases do projecto.

Numa decalração o presidente e director executivo da Ethos,Carlos Santos, disse que o projecto será “um dos maiores projectos de infraestrutura em África com um total de investimentos de aproximadamente 3.000 milhões de dólares”.

Para além de beneficiar as populações na zona do corredor “o porto de Macuse vai oferecer acesso ao comércio de e para os países vizinhos sem acesso para o mar , Zambia,Zimbabwe e Malawi”.

Macuse está situado ao norte da cidade da Beira

PUB

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto