Ruanda matou 14 insurgentes em Moçambique em combates nesta semana, disse à Reuters um porta-voz do exército nesta, quinta-feira, acrescentando que um soldado ruandês sofreu ferimentos leves.

Ruanda enviou uma força de mil homens a Moçambique para ajudar a combater uma escalada da insurgência ligada ao Estado Islâmico.

Os combates ocorreram entre 24 e 28 de julho nas regiões de Mbau e Awase, disse o porta-voz militar ruandês Ronald Rwivanga à Reuters.

"Montamos uma emboscada entre Mbau e Awase, onde matamos dois insurgentes. E o resto da luta aconteceu em Awase. Até agora matamos 14 insurgentes no total", disse Rwivanga.

Cerca de 800 mil pessoas foram deslocadas em Cabo Delgado e os combates interromperam um projecto de gás natural de 20 biliões de dólares americanos liderado pela gigante petrolífera Total.

PUB

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto

Podcast