É um facto que há marcas de automóveis que já produziram muitas outras coisas, antes dos seus veículos de quatro rodas. A Mercedes produziu máquinas de costura e há alguém que as quer de volta.

São conhecidos os moinhos de pimenta e de café da Peugeot, os motores de avião da BMW, as salchichas da Volkswagen ou as bicicletas da Opel, fabricante que também deu os seus primeiros passos a produzir máquinas de costura. O que poucos saberiam é que a Mercedes dedicou-se igualmente à costura, numa época que em que o pronto-a-vestir ainda era uma miragem e muita gente, especialmente os mais pobres, produzia a sua própria roupa. A novidade é que há quem queira que a marca da estrela volte a fabricar equipamento de costura.

Moinhos de café e pimenta Peugeot, mas esta marca francesa não é a única a ter produzido "coisas" estranhas...


A incursão da Mercedes pelo equipamento de costura teve lugar em meados do século XX, a seguir à II Guerra Mundial, que não correu de feição aos alemães. Mas isto não impediu que a marca da estrela prateada colocasse o máximo brio na sua produção, como se pode ver pelas fotos dos equipamentos construídos há cerca de 70 anos, com o acabamento em dourado e a estrelinha em lugar de destaque a surgir como a cereja no topo do bolo.

Saharudin Busri é um professor de design que, ao descobrir as máquinas de costura da marca alemã, pôs-se a imaginar como seriam as máquinas da Mercedes, caso ainda hoje fossem fabricadas. E é pena que não sejam, pois esta máquina da Mercedes, que retoma óbvios elementos estilísticos dos automóveis da marca, poderia levar muitos ‘sem jeito’ para a costura a aprender a fazer umas bainhas.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Tecnologia