Acelerar o processo de incorporação dos indicadores Environmental, Social and Corporate Governance (ESG​) nas organizações é uma das metas do novo programa Empresas Turismo 360, do Turismo de Portugal.

O​ Turismo de Portugal anunciou este mês o lançamento do novo programa Empresas Turismo 360, uma iniciativa que pretende colocar as empresas no centro do processo de transformação sustentável do setor, afirma este organismo.

Globalmente, o programa visa contribuir para acelerar o processo de incorporação dos indicadores Environmental, Social and Corporate Governance (ESG​) nas respetivas organizações, desafiando as empresas a, ativamente, reequacionarem as suas práticas ambientais, sociais e de governança.

A iniciativa, que conta com a parceria de 19 entidades* – aposta no desenvolvimento de ações que incluem a capacitação das empresas do turismo para a incorporação dos indicadores ESG nos respetivos processos de gestão, a disponibilização de instrumentos de monitorização, de modelos de relatórios de sustentabilidade e a promoção do reconhecimento público das organizações.

Numa primeira fase, as entidades parceiras ajudarão a definir os indicadores que deverão ser adotados pelas empresas do setor do turismo e que permitirão medir o compromisso de cada uma com os ESG. Numa segunda fase, a partir de janeiro, o Turismo de Portugal compromete-se a capacitar o setor no que diz respeito à sustentabilidade através da realização de ações de formação periódicas. As estimativas apontam para que, ao longo de 2022, cerca de duas mil empresas frequentem estas ações de capacitação.

PUB

CONTINUAR A LER

Ainda no âmbito deste programa – que, refira-se, está inserido no Plano “Reativar o Turismo. Construir o Futuro” – está previsto o lançamento da plataforma Empresas Turismo 360, uma ferramenta que irá ajudar as empresas a monitorizarem diretamente o seu compromisso com os indicadores ESG e a, simultaneamente, obterem o seu Relatório de Sustentabilidade.

A criação de um “selo” Empresa Turismo 360, a atribuir às empresas que demonstrem o seu compromisso com a sustentabilidade, é outra das iniciativas em agenda.

*Confederação do Turismo de Portugal, APEE – Associação Portuguesa de Ética Empresarial, Global Compact Network Portugal, Euronext, Banco Português de Fomento, Millennium BCP, Novo Banco,Banco Português de Gestão, BPI, Santander, Crédito Agrícola, Montepio Geral, Caixa Geral de Depósitos, Abanca, Bankinter, EuroBic, GoParity, Ordem dos Contabilistas Certificados, Turismo de Portugal.

Pin It