A ronda de financiamento traduz-se num investimento de 4,5 milhões de euros e vai permitir reforçar o desenvolvimento de produto da empresa e o seu crescimento internacional.

O investidor Korys Investments NV, o Fundo nacional de coinvestimento 200M, e os já acionistas HCapital, Portugal Ventures e EIT InnoEnergy, em conjunto com os fundadores, participaram numa nova ronda de financiamento da Eneida.io, empresa que tem como missão transformar as zonas urbanas em “zero emission neighbourhood”.

Criada em 2012, em Coimbra, e com uma forte ligação com à Universidade, a Eneida.io vê, assim, confirmada a aposta dos investidores no seu potencial, com este novo financiamento de cerca de 4,5 milhões de euros. Atualmente, a Eneida.io já tem uma forte presença internacional, com clientes em diferentes geografias, desde a Europa, à Austrália e Nova-Zelândia, e pretende assumir-se como líder internacional nos serviços de monitorização, previsão e controlo das redes de baixa tensão. Além disso, tem a ambição de expandir ainda mais a solução, melhorando continuamente a capacidade de previsão, otimização e controlo para as redes, e reforçando a sua capacidade de análise e tratamento analítico de dados.

A Eneida é um fornecedor de Aplicações Analíticas Operacionais, com foco nas redes de Baixa Tensão. A sua plataforma Eneida DeepGrid® fornece Neighbourhood Grid Intelligence, trabalhando com a informação de sensores e permitindo, de forma fácil e intuitiva, a análise e tomada de decisões por parte dos operadores do Sistema de Distribuição (DSO) e das Novas Empresas de Energia. A plataforma inclui aplicações de I.A., respetivo software, e sensores inteligentes, especialmente desenhados para o efeito, que fornecem visibilidade, otimização e controle dos ativos e operações na baixa tensão, apoiando a transição para zonas urbanas com emissões zero (ZEN).

Carlos Pina Teixeira, CEO de Eneida, esclareceu que “graças a essa nova ronda de financiamento, vamos acelerar a nossa missão para tornar possível Zero Emissions Neighbourhoods, tornando as redes elétricas locais mais inteligentes, e continuar a inovar e expandir o nosso portefólio de aplicações de IA para essas redes de baixa tensão”. Paralelamente, realça, este investimento vai ajudar a cimentar a nossa relação com DSOs e novos operadores de energia, em países onde já operamos, e crescentemente em novos mercados”.

Pin It

Angra do Heroísmo