Entre fevereiro e março realiza-se um hackathon dedicado à Web3, com 75 mil euros em prémios a serem distribuídos pelas equipas que participem com projetos. A iniciativa é da Protocol Labs e da Faber.

A Faber e a Protocol Labs estão empenhadas em contribuir para o desenvolvimento da próxima geração da Internet. As empresas acabam de anunciar a concretização de uma parceria que vai dar origem a um hackathon e a um programa de aceleração em Web3.

O Faber Web3 Hackathon vai decorrer entre fevereiro e março, com mais de 75 mil euros em prémios a serem distribuídos entre os projetos submetidos. Já o Filecoin Faber Accelerator, entre abril e julho, vai investir, pelo menos, um total de 800 mil euros entre as equipas participantes.

“Uma nova geração de empreendedores está a construir um conjunto de novos protocolos descentralizado, ferramentas e algoritmos para enfrentar os difíceis desafios de eficiência, escalabilidade, segurança, privacidade ou operações transversais, bem como nos serviços e aplicações distribuídas de Finanças Descentralizadas (DeFi) ou NFTs. A Faber orgulha-se de fazer uma parceria com a Protocol Labs, que já é uma força motriz por trás do movimento Web3, no apoio a estas equipas”, afirma Alexandre Barbosa, managing partner da Faber, em comunicado.

As duas empresas estão à procura de equipas que trabalhem em áreas técnicas, como criptografia, tecnologias blockchain ou sistemas distribuídos, para construir novos protocolos, ferramentas, serviços de infraestrutura ou aplicações que possam impulsionar casos de utilização da Web3.

O Faber Web3 Hackathon inclui dois dias de palestras e workshops que permitirão colocar todas as equipas a par das tecnologias e frameworks mais relevantes e atualizados para a construção de um projeto Web3. A Protocol Labs irá distribuir, pelo menos, 75 mil euros em prémios entre os projetos submetidos.

Os interessados podem submeter a sua candidatura para o hackathon até 24 de janeiro.

Programa de aceleração tem 80 mil euros para cada equipa
Já o Filecoin Faber Accelerator, a decorrer a partir de abril e com uma duração de três meses, junta dez equipas, que terão acesso a um programa de classe mundial criado para maximizar as suas hipóteses de sucesso. A Faber e a Protocol Labs vão apoiar e acelerar as equipas que utilizem o Filecoin e o IPFS para construir empresas inovadoras de blockchain em múltiplos casos de negócios e tecnologias Web3.

“O programa tem como objetivo ajudar as equipas pré-seed a criar e desenvolver os seus negócios, com apoio técnico, financeiro e operacional da Faber e Protocol Labs, juntamente com especialistas de topo em áreas como DeFi, tokenomics, contratos inteligentes, governação, NFTs, UI, etc. Cada equipa selecionada também receberá pelo menos 80.000€ de investimento pré-seed diretamente da Faber e Protocol Labs, sendo que durante o programa terão múltiplas oportunidades de fazer pitch e receber orientação de algumas das principais firmas de venture capital no espaço Web3″, detalha a sociedade de capital de risco.

“A Faber tem apoiado com sucesso start-ups de IA/data-driven e founders impressionantes na Europa. Estamos orgulhosos em fazer uma parceria com a Faber para impulsionar ainda mais a comunidade de empreendedores da Europa que está a criar a próxima geração de empresas orientadas pela Web3. O número de aplicações de alta qualidade criadas através de Filecoin cresceu num rácio de 8x em 2021, atingindo milhões de utilizadores e acelerando a transição da Web2 para Web3. Com a ajuda da programação, mentoria e rede de contactos, iremos ajudar ainda mais os developers e os empreendedores a criar com sucesso negócios com tecnologia Web32″, refere Colin Evran, ecosystem lead da Protocol Labs.

Mais informações sobre as candidaturas ao Faber Web3 Hackathon e ao Filecoin Faber Accelerator serão anunciadas durante as próximas semanas.

PUB

Pin It

SOTERMAQUINAS