A marca de queijo Terra Nostra, produzida pela Bel Portugal, vai doar 30 toneladas de queijo e leite a várias instituições açorianas "em resposta a pedidos de apoio" dadas as circunstâncias atuais decorrentes da pandemia, foi hoje anunciado.

Segundo a multinacional, de origem francesa, que detém as marcas Terra Nostra e Limiano, o Banco Alimentar, a Santa Casa da Misericórdia, o Instituto de Apoio à Criança, o Instituto Bom Pastor e a Instituição Mãe de Deus, na ilha de São Miguel, serão as associações abrangidas pela iniciativa, que "irá ajudar mais de 1.000 famílias açorianas por mês".

Este apoio, explica em comunicado a Bel Portugal, "será faseado por três meses" e traduz-se "na doação de mais de 45 mil unidades de produtos essenciais", salientando que os tempos atuais são atípicos e toda a adaptação à nova realidade exigiu resiliência por parte de todos.

A empresa informa que, adicionalmente, a marca Terra Nostra irá também distribuir equipamento de proteção individual, como "batas e máscaras, de forma a reforçar e garantir a segurança na comunidade".

“Além do compromisso que temos em continuar a produzir e entregar diariamente bens essenciais, consideramos que, neste momento em particular, a marca deve ir mais longe e ajudar quem mais precisa. Faz parte da nossa responsabilidade proteger e ajudar os Açores, a nossa terra”, sublinha Cátia Dias, responsável de marketing de Terra Nostra, citada na nota enviada às redações.

Até ao momento, já foram detetados na região um total de 145 casos de infeção, verificando-se 95 recuperações, 16 óbitos e 34 casos positivos ativos para infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19.

Destes, 26 são em São Miguel, dois na Graciosa, um em São Jorge, três no Pico e dois no Faial.

Portugal regista hoje 1.184 mortes relacionadas com a covid-19, mais nove do que na quarta-feira, e 28.319 infetados, mais 187, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

Pin It

Angra do Heroísmo