Soluções para despiste de sintomas; gestão de material hospitalar; monitorização de doentes e cadeias de transmissão; projeto comunitário para ajuda em cadeia; e um portal para ligar todos os recursos de segurança durante o bloqueio de um país, são os primeiros projetos que resultaram do programa lançado pela OutSystems na semana passada.

A iniciativa COVID-19 Community Response Program resultou já num conjunto de cinco projetos que avançam agora para produção para darem o seu contributo no combate ao surto de coronavírus.

#1 – Todos por Um
Este projeto tem como objetivo ligar médicos e enfermeiros que pretendam ajudar famílias que queiram ser adequadamente monitorizadas, perceber quais as diretrizes corretas enquanto estão em isolamento social, e permitir um canal direto de comunicação entre ambos através de um chat. Adicionalmente, terá ainda um chatbot de IA (Inteligência Artificial) que irá pôr um robot a falar com os pacientes, para esclarecimento de dúvidas sobre o vírus. Reduzir o tráfego da linha SNS24, que fica disponível para casos em que é mesmo necessária a sua intervenção, é também um dos objetivos.

Existe uma equipa composta por membros da OutSystems dedicada ao desenvolvimento desta aplicação, em parceria com o Grupo Lusíadas Saúde, mas o objetivo é que este projeto venha a ser alargado a mais hospitais e instituições de saúde.

#2 – Vent2Life

Esta solução permite ajudar os hospitais lidarem mais eficientemente com os equipamentos que não estão a funcionar corretamente. O objetivo deste sistema é permitir que a equipa médica reporte os problemas dos ventiladores (por marca e modelo) e tenha especialistas prontos a explicar as possíveis soluções. Além da OutSystems, esta aplicação contou com a colaboração do Project Open Air, da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, da Ordem dos Engenheiros e da McKinsey & Company.

#3 – Monitorização e rastreamento de cadeias de transmissão

Esta aplicação está a ser criada pela empresa holandesa RISA IT, parceira da OutSystems, e visa monitorizar pessoas que estejam potencialmente infetadas com o vírus, priorizá-los, identificar contactos que tenham tido até ao momento em que começaram a ter sintomas, contactar essas pessoas e identificar possíveis cadeias de transmissão. Está a ser construída com a ajuda de médicos para garantir que a informação partilhada ajuda as pessoas em causa, com dados corretos. Já está a ser testada num município na Holanda.

#4 – Ajuda em cadeia

Trata-se de um portal simples onde as pessoas que procuram ajuda possam ligar-se a pessoas que a oferecem. No portal, as pessoas recebem notificações quando há uma ligação possível entre o pedido e a oferta, podendo contactarem-se proativamente. Baseado num projeto já existente, esta aplicação quer ajudar a conter a pandemia ao colocar automaticamente as pessoas em contacto.

#5 – Ligar projetos e recursos de segurança durante um estado de emergência

Esta ideia tem como objetivo a preparação dos países para um cenário de estado de emergência, altura em que muitas áreas vão precisar de ser protegidas. A cargo da empresa holandesa LINKIT, também parceira da OutSystems, esta app ligará equipas de segurança (e empresas) a projetos (áreas que precisem de segurança), a fim de manter um país inteiro seguro durante o estado de emergência.

Estes são os projetos que já estão em fase de desenvolvimento e que em breve chegarão à mão dos utilizadores. Até ao momento houve mais de 170 ideias submetidas, todas elas avaliadas por uma equipa da OutSystems. As 20 que correspondam aos critérios de viabilidade serão selecionadas para desenvolvimento e produção.

Pin It

Angra do Heroísmo