O Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) lançou uma campanha de Suporte Básico de Vida (SBV) para ensinar à população os procedimentos fundamentais a ter em situação de paragem cardiorrespiratória.

A campanha, composta por 450 cartazes, 15 mil desdobráveis e um vídeo, pretende sensibilizar e permitir aos cidadãos, de forma simples e concisa, identificar uma vítima em paragem cardiorrespiratória e saber como proceder perante esta situação, designadamente avaliar o estado de consciência, ligar 112 (número europeu de emergência) e iniciar as manobras de Suporte Básico de Vida para adultos até chegar ajuda diferenciada.

Para o Presidente do SRPCBA, esta iniciativa de sensibilização e divulgação reveste-se “de extrema importância, uma vez que a paragem cardiorrespiratória é um acontecimento súbito, constituindo-se como uma das principais causas de morte no mundo”.

“O Suporte Básico de Vida pode aumentar substancialmente a probabilidade de sobrevivência e recuperação da vítima, motivo pelo qual é importante que quem presencia o acontecimento saiba como pedir ajuda e inicie de imediato as manobras de Suporte Básico de Vida”, sublinha Carlos Neves, frisando que “não se cinge aos profissionais de saúde”.

Os cartazes, cujo conteúdo completo pode ser lido através do código QR, e os desdobráveis, que também já se encontram disponíveis no portal do SRPCBA, serão distribuídos faseadamente por entidades de todas as ilhas, entre centros de saúde, hospitais, bibliotecas, juntas de freguesias, casas do povo, corpos de bombeiros, clubes de proteção civil e escolas (a partir do 2.º ciclo até ao secundário), aeroportos, portos, unidades hoteleiras e agências de viagens.

O vídeo está a ser exibido na grelha de emissão da RTP-Açores até dia 23 de outubro e será colocado nas plataformas digitais do SRPCBA – página de Facebook, perfil do Instagram e canal de Youtube.

A campanha de Suporte Básico de Vida integra-se na aposta do SRPCBA nas áreas da formação e da sensibilização.

Desde 2017 e até ao momento, foram ministradas cerca de 200 ações de formação de Suporte Básico de Vida com Desfibrilhador Automático Externo (SBV-DAE), envolvendo aproximadamente 2000 formandos, entre bombeiros, profissionais de saúde e funcionários de diversas entidades.

Nesse mesmo período, no que diz respeito à sensibilização, foram realizadas 120 ações, como mass trainings em SBV e palestras, destinadas a mais de 6000 pessoas, maioritariamente da comunidade educativa (alunos, pessoal docente e pessoal não docente) e de entidades como ATL e escuteiros, além do público em geral.

Pin It

Angra do Heroísmo