O presidente do Governo dos Açores determinou, para quarta-feira, o encerramento dos serviços e organismos públicos, exceto os considerados urgentes, nas ilhas dos grupos Ocidental e Central do arquipélago, devido à passagem do furacão "Lorenzo".

A medida, avançada à imprensa pelo gabinete de imprensa do executivo açoriano, abrange as ilhas das Flores e Corvo, do grupo Ocidental, e Faial, Pico, São Jorge, Terceira e Graciosa, do grupo Central.

Este encerramento, segundo o despacho assinado pelo chefe do executivo açoriano, Vasco Cordeiro, "não abrange os serviços considerados urgentes e essenciais, nomeadamente hospitais, centros de saúde e serviços de proteção civil, assim como os demais considerados pelos respetivos diretores regionais da tutela".

O furacão "Lorenzo" encontrava-se hoje de manhã a aproximadamente 1.000 quilómetros a sudoeste da ilha das Flores, deslocando-se para nordeste a uma velocidade de 35 km/h.

"Mantendo-se as previsões da trajetória, o centro do furacão deverá passar" na quarta-feira "ligeiramente a oeste das Flores, afetando especialmente o grupo Ocidental" dos Açores, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Pin It