A Diretora Regional do Turismo afirmou que a escolha dos Açores, da ilha de São Miguel e das praias da Ribeira Grande para palco da realização de importantes provas do calendário mundial de surf, é "uma oportunidade única para que os Açores se assumam internacionalmente como destino de eleição para os amantes do surf e de todos os desportos de ondas”.

Marlene Damião, que falava na entrega de prémios do 'Azores Airlines Pro 2019', salientou que “eventos como este confirmam a notoriedade que o arquipélago dos Açores tem vindo a conquistar entre os amantes do surf pela excelência das suas condições para a prática deste desporto”
“Dão-nos igualmente oportunidade de reforçar internacionalmente essa notoriedade e de nos assumirmos, efetivamente, como local de eleição, a nível mundial, para a prática dos desportos de ondas”, acrescentou.

Segundo a Diretora Regional, “a realização nos Açores de provas de campeonato do mundo, desta ou de outra qualquer modalidade desportiva, é sempre uma conquista para o turismo açoriano”.

Marlene Damião felicitou a AAAS – Associação Atlantic Action Sport e os seus parceiros pela organização de "mais um grande evento de surf”, que contou com atletas “vindos de todas as partes do mundo”.

“É sempre uma honra receber nos Açores grandes nomes da elite mundial do surf”, frisou.

A Diretora Regional evidenciou que os Açores e a ilha de São Miguel, anfitriã do evento, têm, por esta via, “uma oportunidade” para promover “aquilo que de melhor temos para oferecer, não só numa vertente desportiva e de turismo ativo e de aventura, ligado à natureza, mas igualmente de uma forma genérica, como destino turístico”.

 

Pin It