Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou hoje que o '10 Fest – 10 dias, 10 chefs', tem tido “um papel indiscutível” no roteiro de experiências gastronómicas do destino Açores, onde é possível “experimentar menus com uma qualidade ímpar ao nível dos sabores, dos lugares e das emoções, exatamente aquilo que pretendemos que seja o turismo dos Açores, e pelo qual já somos também reconhecidos”.

“Esta postura, de fazer do arquipélago um lugar capaz de olhar para os seus recursos - quer humanos, quer gastronómicos -, potenciá-los numa relação única e dar-lhes o seu real valor, continuará, por isso, a ser um caminho que queremos percorrer”, salientou Marta Guerreiro, acrescentando que a gastronomia constitui "um produto por excelência, catalisadora da economia local e regional e atraindo diversos segmentos de mercado”.

“São, de facto, 10 dias com 10 chefs que se cruzam com os colaboradores e formandos da escola, contribuindo, assim, para um pensamento conjunto sobre a cozinha açoriana e as potencialidades da sua atualização”, sublinhou Marta Guerreiro, que falava, em Ponta Delgada, na apresentação do evento.

Segundo a titular da pasta do Turismo, desde 2012 que a Escola de Formação Turística e Hoteleira “colocou o nome dos Açores mais longe por via de um festival gastronómico, reinterpretou produtos locais, conferindo-lhes um novo valor de mercado, e permitiu o contacto dos mais conceituados chefs por todo o mundo com formandos, que retiram desta experiência mais-valias para um futuro profissional relacionado com a cozinha”.

“De 20 a 29 de junho, o mundo vem até à nossa mesa, e levamos a nossa mesa ao mundo, com os mais conceituados chefs, onde as experiências são vividas e partilhadas, tendo como ponto de partida os nossos elementos gastronómicos diferenciadores, com provas e demonstrações na área da pastelaria, cocktails e vinhos, que aguardamos sempre com elevada expetativa”, frisou Marta Guerreiro.

Nesse sentido, a Secretária Regional manifestou a convicção de que esta será “mais uma edição para nos sentarmos à mesa e viajarmos por via dos mais variados sabores”, destacando o evento, onde “a surpresa é o fator chave do paladar”, fazendo com que seja “um dos mais reconhecidos festivais gastronómicos do país, para além de um muito aguardado acontecimento no calendário anual de eventos dos Açores”.

 

Pin It