Promover o bem-estar e combater o abandono dos animais é um dever cívico de todos, afirma Diretor Regional da Agricultura

O Diretor Regional da Agricultura afirmou, no Faial, que a promoção do bem-estar e o combate ao abandono dos animais é um dever cívico de toda a sociedade, destacando a importância do papel que as associações de proteção dos animais têm desempenhado nos Açores.

“Se todos adotarmos o bem-estar animal, em conjunto conseguimos esterilizar o seu abandono, porque sensibilizar e alertar para o não abandono dos animais é mais do que uma obrigação, é um dever cívico de todos”, frisou José Élio Ventura, que falava sábado nas comemorações do 20.º aniversário da AFAMA - Associação Faialense dos Amigos dos Animais.

José Élio Ventura, que elogiou o trabalho persistente, incansável e sempre voluntário que a AFAMA tem realizado, considerou que este é um assunto demasiado sério e importante, não só por razões de saúde pública, de segurança e de tranquilidade das pessoas, mas também para salvaguarda do bem-estar dos animais e da sua qualidade de vida.

O Diretor Regional da Agricultura salientou que o Governo dos Açores tem feito o que lhe compete nesta matéria, nomeadamente através do lançamento de uma campanha publicitária de sensibilização contra o abandono de animais de companhia ou errantes, distribuição de pósteres e brochuras por mais de 500 entidades, em colaboração com a Associação de Municípios da Região Autónoma dos Açores, a Ordem dos Médicos Veterinários e, muito especialmente, as associações de proteção dos animais.

Por outro lado, Governo Regional avançou com um novo enquadramento específico de apoio às associações de proteção animal, foi criada uma base de dados de Registo de Animais de Companhia e Errantes (RACE) e têm sido realizadas fiscalizações à atuação dos municípios para o cumprimento das suas obrigações legais no que respeita aos centros de recolha oficiais e canis municipais.

José Élio Ventura lançou um desafio à AFAMA para ser um parceiro ativo do Executivo no âmbito da Feira Agrícola Açores 2019, organizando um evento de sensibilização para a temática do bem-estar animal, para o não abandono e para uma adoção responsável.

“A Feira Agrícola Açores 2019 decorrerá na ilha do Faial, entre os dias 12 a 14 de julho. Trata-se de um momento de grande visibilidade mediática para todo o setor agrícola e que conta, anualmente, com a presença de muitos visitantes. Para o Governo dos Açores esta é uma oportunidade que deve ser potenciada, pelo que aproveito a ocasião para desafiar, desde já, a AFAMA para ser um parceiro ativo nesta edição”, disse.

O Diretor Regional adiantou que, caso a AFAMA aceite o repto, o evento terá de ser rapidamente planeado, para integrar a programação da Feira, apontando, por exemplo, que seria interessante ter na Quinta de São Lourenço animais disponíveis para adoção.

 

Pin It