Portugal começa dia 15, frente à Hungria, a defesa do Europeu conquistado em 2016 com a quinta seleção mais valiosa das 24 participantes - custa 872,5 milhões de euros. A má notícia é que é a terceira do seu grupo de quatro equipas, atrás de franceses e alemães.

E, segundo dados do site especializado em valor de mercado de atletas Transfermarkt, Cristiano Ronaldo, 36 anos, é apenas o sexto português mais caro, com preço estimado em 45 milhões de euros, ao lado de três companheiros.

Bruno Fernandes, do Manchester United, encabeça a lista, com 90 milhões, seguido de Félix, jovem do Atlético Madrid, com 80, e do trio do Manchester City constituído por Ruben Dias, Bernardo e Cancelo, avaliados em 75, 70 e 55 milhões de euros, respetivamente.

Só depois vem o pelotão de CR7, com o mesmo preço de André Silva, Ruben Neves e Diogo Jota.

PUB

CONTINUAR A LER

A idade, claro, é um fator determinante nestas contas: tanto que Pepe, um histórico, é o último da lista de 26 escolhidos por Fernando Santos, valendo, aos 38 anos, mero milhão de euros.

Mais valiosas do que Portugal, só a Espanha (quarta), Alemanha (terceira), França (segunda) e Inglaterra, a grande líder. Estas duas últimas são as únicas a valerem dez dígitos: 1,32 mil milhões de euros, a britânica, 1,03 mil milhões, a gaulesa.

Mas o jogador mais caro do mundo pertence à "vice" geral: Kylian Mbappé, claro, avaliado em 160 milhões de euros. Em segundo na lista de jogadores, valendo 120 milhões, está Harry Kane, inglês do Tottenham.

A Finlândia, estreante na competição, é a menos valiosa das 24. Com avaliação de 44 milhões, os seus 26 atletas custam menos todos juntos do que CR7 sozinho - e talvez menos ainda do que o pior pé, o esquerdo, de Mbappé.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto

Podcast