Hipótese para o 'Big Brother Famosos', da TVI, antigo presidente do Sporting fala dos alegados vícios.

Numa altura em que se fala que o antigo presidente do Sporting poderá ser um dos concorrentes do novo 'Big Brother Famosos', o polémico reality show da TVI na versão de caras conhecidas, Bruno de Carvalho voltou à ribalta.

Em entrevista à revista 'TV 7 Dias', o ex-líder co clube de Alvalade aceitou falar de tudo: do futuro, das mágoas que guarda de um passado recente e até do alegado consumo de drogas. E, uma vez mais, Bruno de Carvalho voltou a desmentir que alguma vez tenha consumido qualquer tipo de estupefaciente.

Este já tinha sido um tema que deu origem a muitos rumores em 2018, quando ainda era presidente do Sporting. Na altura, o diretor de comunicação do clube leonino, Nuno Saraiva, salientou o assunto num comunicado emitido em abril de 2018, onde se incluia o "uso de drogas".

PUB

CONTINUAR A LER

"Chamo ainda atenção de que chegou ao nosso conhecimento que há jornais sensacionalistas que estão a preparar trabalhos de facção e, para isso, andam a contactar psiquiatras e psicólogos no sentido de se fazerem insinuações sobre o estado emocional do Presidente do Sporting Clube de Portugal, dar eco às calúnias sobre uso de drogas e denúncias anónimas sobre crimes de pedofilia. Hoje, como tem sido sempre, vai valer tudo!", leu-se na publicação de Nuno Saraiva.

O próprio Bruno de Carvalho referiu-se a essas acusações durante um longo discurso aos sócios, em fevereiro. "O homem faz um post gigantesco a chamar-me drogado", disse o presidente leonino referindo-se a Ricardo Agostinho.

Agora, questionado uma vez mais sobre o assunto, o antigo presidente garantiu: "Primeiro, nunca achei piada nenhuma; depois, tenho pânico de agulhas e sou alérgico a pós e pólenes."

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia