A família do ator pediu que, no seu dia de anos, todos se unissem à sua volta. Primo Carlos garante que repto já deu resultado

No mesmo dia em que Rogério Samora celebrava 62 anos de vida, em 28 de outubro, completou também o ciclo de 100 dias desde que foi internado, vítima de duas paragens cardiorrespiratórias, durante as gravações da novela 'Amor Amor, da SIC. A família – que continua com esperança de que o ator recupere – pediu a todos os seguidores e amigos do galã que se juntassem numa corrente de energia positiva, em prol das melhoras do mesmo.

Um dia depois, o primo de Rogério, Carlos Samora, veoi dar conta de que esta mesma corrente teve um impacto positivo no estado de saúde do ator. "Dia 101. Parece que a ‘corrente’ de energia positiva fez efeito! Segundo a informação clínica, o Rogério passou a noite e o dia de hoje calmo e sem nenhum sobressalto."

Carlos Samora aproveitou o anúncio da boa-nova para também agradecer todo o carinho que tem recebido ao longo destes quatro meses e todas as mensagens que recebeu no dia de aniversário do primo. "Quero, aqui, manifestar o meu obrigado a todos os que enviaram mensagens de parabéns ao Rogério. Chegaram dos quatro cantos do Mundo. Muito obrigado, também, a todos os que se associaram à iniciativa de fazer um brinde à sua saúde." E finalizou com mais uma mensagem de esperança: "Um dia de cada vez, até vermos o sorriso do Rogério."

Recentemente, recorde-se, Carlos Samora deixou um testemunho do que está a acontecer, no programa das manhãs da SIC, onde revelou, sem conter as lágrimas, que, "uma vez, no hospital Amadora-Sintra, teve a sensação de que o primo reagiu aos seus apelos. "Tive a sensação que ele me estava a ouvir. Estava deitado na cama e teve um movimento que nunca tinha tido em 70 e tal dias. Deixou cair a cabeça e caiu uma lágrima, foi um momento muito complicado, tenho quase a certeza que ele estava a ouvir-me."

PUB

CONTINUAR A LER

No entanto, a sua esperança foi descredibilizada por um enfermeiro da unidade hospitalar: "Disse-me que isso não era possível, mas tenho quase a certeza de que, naquele dia, ele ouviu o que eu estava a dizer…"

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto