Humorista está grato a Daniel Oliveira e justifica agora ter recusado a oferta milionária da diretora e do presidente da estação de Queluz de Baixo. Uma proposta que poucos recusariam.

Fernando Rocha está em alta na SIC. Para além de se ter estreado como ator em 'Amor, Amor', a novela de horário nobre que arrancou esta semana com a segunda temporada, ainda faz parte da equipa de apresentadores do 'Domingão', ao lado de João Baião, Débora Monteiro, Teresa Tavares e João Paulo Sousa.

A oportunidade foi-lhe dada por Daniel Oliveira, diretor de Programas da estação de Paço de Arcos, e Fernando Rocha não esconde a gratidão. "Em 2020, quando os palcos fecharam devido à pandemia de Covid-19, o Daniel deu-me o ‘Não Há Crise’, o ‘Domingão’ e acreditou em mim para ser ator numa telenovela. Qualquer pessoa que esqueça isso e assobie para o lado é uma pessoa sem espinha dorsal", afirmou em declarações à revista 'Sexta'.

PUB

CONTINUAR A LER

Foi precisamente essa gratidão que o fez recusar uma proposta milionária da TVI. Fernando Rocha revela agora o valor dessa proposta: 1 milhão de euros. A oferta veio das mãos de Cristina Ferreira, diretora de Entretenimento e Ficção de Queluz de Baixo e Mário Ferreira, presidente da Media Capital.

Segundo o humorista revelou à mesma publicação a proposta dos "patrões" da TVI "rondaria, ao final de três anos, 1 milhão de euros". "Estou muito grato à TVI e sinto-me lisonjeado, mas sou muito grato ao Daniel e não lhe posso virar as costas", justificou o humorista. "Não quero ser o homem mais rico do cemitério", brincou.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto