Apresentadora da SIC diz que sentiu um vazio na gala por ninguém ter falado de Rogério Samora, que continua a lutar pela vida após paragem cardiorespiratória.

Na gala dos 'Globos de Ouros' não foi dita uma palavra sobre Rogério Samora, ator que tem contrato de exclusividade com a SIC, organizadora do evento, e que luta pela vida depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória durante as gravações de 'Amor, Amor', novela protagonizada por Ricardo Pereira, que ganhou um Globo.

Esse silêncio sobre Rogério Samora foi ensurdecedor para muitos. Júlia Pinheiro, uma das estrelas da SIC que esteve no palco do Coliseu dos Recreios, onde a gala aconteceu em direto este domingo, reconheceu que faltou uma homenagem ao ator que deu muito de si à SIC.

Em conversa com João Baião, que foi um dos premiados na noite de domingo, Júlia lamentou, mas explicou o motivo do silêncio. "Na nossa gala faltou um nome, que é o Rogério Samora, porque é uma questão muito sensivel, não sabemos o que se vai passar", disse Júlia.

PUB

CONTINUAR A LER

"É uma questão muito sensível", confirma João Baião. "Temos medo de falar. Temos medo de abordar este assunto, falar do Rogério, não sabemos como ele está, não sabemos como vai evoluir...", lamentou João Baião.

"Se aí em casa sentiu e fez essa observação, é por respeito. Seguramente foi por respeito que ninguém disse nada, e ainda temos esperança, é a última coisa que podemos deixar de ter", disse Júlia Pinheiro.

 

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Startups

Economia

Notícias Regionais

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Mundo

Tecnologia

Cultura

Desporto