A cidade é uma das 11 anfitriãs da primeira cimeira dedicada às cidades que têm apostado no incentivo ao desenvolvimento de soluções empreendedoras. O evento online é já amanhã.

O hub de inovação Startup Braga vai receber amanhã um evento que propõe uma reflexão sobre os novos desafios para a criação e consolidação de start-ups e outras empresas, a partir de temáticas como o talento e as necessidades de requalificação, as novas tendências de mercado, o empreendedorismo feminino e juvenil, ou os desafios emergentes de inovação nas áreas da saúde e do clima.

A cimeira, promovida pelo consórcio europeu Global StartupCities, e com o apoio da Comissão Europeia, pretende afirmar-se como uma montra para que as empresas posicionem os seus produtos em novos mercados.

Realizado online, o evento realiza-se entre salas virtuais, dedicadas a cada uma das cidades coanfitriãs, e uma sala principal e irá permitir o debate em torno da estratégia do consórcio e do desenvolvimento de um mercado cada vez mais global.

Além de Braga, a rede Global StartupCities, criada em 2019, conta ainda com cidades como Manchester (Reino Unido), Sevilha (Espanha), Varna (Bulgária), Vantaa (Finlândia), Valência (Espanha), Ostrava (República Checa), Málaga (Espanha), Leuven (Bélgica), Heraklion (Grécia), Colónia (Alemanha), Cluj-Napoca (Roménia), Bilbao (Espanha), Galway (Irlanda), Lyon (França), Turim (Itália), Breslávia (Polónia) e Chernigov (Ucrânia).

Ricardo Rio, presidente do Município de Braga e da InvestBraga, acredita que esta iniciativa irá servir para “promover uma reflexão conjunta sobre o rumo da indústria das start-ups a nível global, permitindo ainda a aproximação do ecossistema empreendedor de Braga a outros de referência, mas também para debater os grandes desafios de inovação, transversais a todas as empresas, que os próximos anos reservam”. E, explicou ainda, que “Braga irá liderar a estratégia e plano de ação deste consórcio na área do talento e é, a par de cidades como Valência, Málaga, Manchester ou Cluj-Napoca, uma das fundadoras do consórcio, o que reforça a importância da nossa cidade como hub de referência no quadro europeu do empreendedorismo altamente tecnológico e especializado”.

Também Luís Rodrigues, diretor da Startup Braga, realça a importância desta cimeira internacional sublinhando que esta “cria uma janela de oportunidades para o ecossistema da Startup Braga, uma vez que dará a possibilidade de mostrar que Braga está disponível para acolher empreendedores altamente qualificados e que tenham projetos nas áreas da nanotecnologia, tecnologias para a saúde e economia digital”.

Pin It

Angra do Heroísmo