A vacina contra a Covid-19 que está a ser desenvolvida pela farmacêutica Pfizer é mais eficaz do que o esperado, segundo os primeiros ensaios divulgados esta segunda-feira.

A empresa revelou que a vacina foi eficaz em 90% dos casos em que atuou na prevenção da doença.

"Hoje é um grande dia para a ciência e a humanidade. O primeiro conjunto de resultados do ensaio de fase 3 da vacina Covid-19 fornece evidência inicial da capacidade da nossa vacina em prevenir a Covid-19", referiu Dr. Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer.

A vacina da Pfizer está a ser desenvolvida em conjunto com a alemã BioNTech. A farmacêutica pondera agora pedir uma autorização de emergência para conseguir a vacina no final de novembro, depois de concluidos todos os testes de segurança.

Até ao final do ano são esperadas doses suficientes para imunizar 15 a 20 milhões de pessoas, avançaram os executivos da empresa.

Onze vacinas estão em testes finais nos Estados Unidos. O progresso da vacina da Pfizer pode significar que a vacina da Moderna poderá ser também um sucesso no combate ao novo coronavírus, pois ambas usam 'tecnologias' semelhantes.

Pin It

Angra do Heroísmo