A notícia foi avançada pela BBC.

O ator escocês Sean Connery morreu este sábado, aos 90 anos. Mais conhecido pela sua interpretação na saga James Bond-007, o ator escocês foi o primeiro a encarnar o papel no cinema e a interpretar sete dos thrillers de espionagem.

As causas da mortes são para já desconhecidas.
"Bond, James Bond", a expressão que se tornou numa das referências da história do cinema, acabou por ser, também, uma marca na carreira de Sean Connery.

O desempenho como 007 acabou por se destacar e impulsionar a carreira do ator escocês.

Ao longo da carreira de várias décadas, o ator conquistou vários prémios, incluindo um Oscar, dois prémios Bafta e três Globos de Ouro.

Integrou o elenco de filmes como "O nome da Rosa", "Indiana Jones e a Grande Cruzada", mas foi com a prestação em "Os Intocáveis", em 1988, que ganhou o primeiro e único Óscar para melhor ator secundário.

No ano 2000, chegaria a distinção real: a Rainha Isabel II ordenou-o cavaleiro do império britânico. Está retirado do grande ecrã desde 2003. E atualmente vive com a mulher nas Bahamas.

ACTOR CELEBROU 90 ANOS EM AGOSTO

Pin It

Angra do Heroísmo