2020-10-27

Há ainda a registar 1747 doentes hospitalizados, mais 75 do que na segunda-feira, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde.


Em Portugal, nas últimas 24 horas, morreram mais 28 pessoas e foram confirmados mais 3299 casos de covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) desta terça-feira (27 de outubro).

Fim de semana de finados. As exceções à limitação de circulação
O anúncio foi feito no final do último Conselho de Ministros de 22 de outubro: entre as 00.00 horas de 30 de outubro e as 06.00 de 3 de novembro, englobando o fim de semana do feriado do Dia de Todos Santos (1), seria proibida a circulação entre concelhos.

Na segunda-feira, a resolução publicada em Diário da República esclarece as restrições impostas, bem como as muitas exceções previstas. O que vai então poder servir de justificação para circular entre diferentes concelhos? Várias coisas.

Desde ir a um espetáculo cultural, mediante apresentação do bilhete, até sair do território nacional continental (sem especificar por que meio), passando pelas idas das crianças e jovens à escola ou deslocações para trabalho sem necessidade de declaração patronal, se for para concelhos limítrofes ou na mesma área metropolitana.

Entre outras exceções, que podem até passar por ir até um hotel ou uma segunda residência, já que o decreto prevê "deslocações de cidadãos não residentes para locais de permanência comprovada".

Estudo mostra que a imunidade contra a covid-19 cai rapidamente
Um estudo britânico da Imperial College London e da Ipsos Mori mostra que a imunidade adquirida pelas pessoas infetadas e curadas de covid-19 "cai bastante rapidamente", especialmente nas pessoas assintomáticas, e pode durar apenas alguns meses.

De 20 de junho a 28 de setembro, os dois organismos acompanharam 350.000 pessoas escolhidas aleatoriamente na Inglaterra, que se submeteram a testes regulares em casa para verificar se possuíam anticorpos da covid-19.

"Durante o período, a proporção de pessoas que testaram positivo aos anticorpos da covid-19 caiu 26,5%, passando de 6% para 4,4% da população estudada", explica um comunicado, "o que sugere uma redução dos anticorpos nas semanas, ou meses, posteriores à infeção".

O estudo destaca que, embora todas as idades sejam afetadas por esta redução, os idosos acusam mais: entre junho e setembro, a percentagem de pessoas com mais de 75 anos com anticorpos registou uma queda de 39%, enquanto a redução foi de 14,9% na faixa de idade entre 18 e 24 anos.

Pin It

Angra do Heroísmo