Os quilómetros percorridos em casa, em qualquer atividade física durante duas horas, vão ajudar os hospitais açorianos no combate à pandemia de covid-19, através da iniciativa "Quilómetros pelos Açores", marcada para 25 de abril.

"A ideia é que a pessoa faça uma atividade física até duas horas durante o dia 25 de abril, sem um horário específico, porque há pessoas que trabalham e gostariam de participar. Assim, chegam a casa, fazem a atividade e partilham connosco", disse à Lusa Márcio Azevedo, promotor do evento.

A prova "Quilómetros pelos Açores" foi "inspirada" em iniciativas semelhantes que decorreram no continente e pretende que cada participante percorra a maior distância possível em casa, no máximo de duas horas, durante o dia 25 de abril.

"A pessoa pode fazer [qualquer atividade física] até duas horas, mas há pessoas que não têm essa capacidade, então fazem o que conseguem. Sejam criativos. É mexer-se por uma boa causa", afirma o organizador.

Caminhar, correr, nadar, remar, pedalar, percorrer as escadas do prédio, praticar zumba, são algumas das "ideias" assinaladas pelo organizador, que aponta que as atividades poderão ser feitas em qualquer "garagem, jardim, terraço, varanda ou sala".

As inscrições terão o valor que cada um entender dar, sendo que, no final, a receita vai reverter para o Hospital Divino Espírito Santo, em São Miguel, e para o Hospital de Santo Espírito, na ilha Terceira.

Após a inscrição, o participante irá receber um dorsal por e-mail e é convidado a enviar uma fotografia ou vídeo da sua atividade física para ser partilhada nas redes sociais do evento.

Além de ajudar os hospitais da região, o evento pretende "motivar" os cidadãos a fazer atividade física durante o período de confinamento domiciliário devido à pandemia.

"Já sou atleta há mais de 20 anos e há dias que não me apetece fazer os exercícios que costumo fazer. Este objetivo é outra coisa. Apesar de serem os mesmos exercícios, é diferente, é numa outra causa e envolvido com outros", assinala Márcio Azevedo, atleta e treinador do Clube Operário Desportivo e auxiliar técnico no Hospital Divino Espírito Santo.

As inscrições poderão ser realizadas em ppl.pt/covid19/acores e, apesar de a prova decorrer em 25 de abril, os donativos poderão ser realizados até 30 de abril.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 170 mil mortos e infetou quase 2,5 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 558 mil doentes foram considerados curados.

Portugal regista 762 mortos associados à covid-19 em 21.379 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Das pessoas infetadas, 1.172 estão hospitalizadas, das quais 213 em unidades de cuidados intensivos, e o número de doentes curados aumentou 50,3%, de 610 para 917.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 02 de maio prevê a possibilidade de uma "abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais".

Pin It

Angra do Heroísmo