O primeiro prémio do Euromilhões vai aumentar para os 200 milhões de euros em 2020. Atualmente, o jackpot tem um limite máximo de 190 milhões de euros.


Esta alteração só vai entrar em vigor para as apostas registadas para participarem a partir do sorteio de 4 de fevereiro de 2020.

Este aumento foi hoje estipulado em portaria publicada em Diário da República, assinada pela ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança, Ana Mendes Godinho.

Esta atualização deve-se ao facto da última revisão do jogo ter tido lugar há mais de três anos, justifica a tutela.

“Tendo em conta que a última revisão da estrutura do jogo ocorreu há mais de três anos, e procurando ir ao encontro, em alinhamento com a filosofia do produto, da evolução das tendências atuais, afigura-se oportuno proceder à respetiva atualização, através da otimização dos parâmetros e regras do jogo que se espelham, nomeadamente, na revisão das percentagens de alocação das receitas às categorias de prémios e ao fundo de reserva, bem como no aumento faseado do valor máximo que o jackpot pode atingir”, segundo a portaria.

“Os mercados e as preferências dos consumidores são, hoje em dia, uma realidade dinâmica que merece atenção constante, acompanhando a respetiva evolução. Tratando-se o Euromilhões de um jogo social do Estado, em que a exploração é coordenada com mais oito países europeus, e cuja filosofia consiste na atenção dedicada à inovação do produto, de modo a adequá-lo às tendências atuais, procura-se o aumento da base de apostadores atraindo novos perfis, no sentido de incrementar as receitas que, a jusante, revertem para as causas sociais, com o objetivo de dar resposta às inúmeras solicitações e aos crescentes desafios nesta matéria, cometidos, legalmente, aos beneficiários das receitas dos jogos sociais do Estado”,

Pin It