A Junta Militar da Renamo diz que quer negociar um novo Acordo de Paz com o Governo de Moçambique porque aquele que foi assinado entre Filipe Nyusi e Ossufo Momade, no passado dia 6, "é nulo".

O anúncio foi feito pelo porta-voz da Junta Militar da Renamo, João Machava, afirmando que o presidente da Junta, Mariano Nhongo, é quem vai negociar, directamente, o acordo com o Presidente da República, Filipe Nyusi.

Junta Militar recusa negociar com a Renamo


"O presidente Mariano Nhongo vai negociar a paz definitiva, porque ainda não temos paz definitiva em Moçambique, temos uma paz ameaçada", realçou aquele porta-voz.

Entretanto, João Machava acrescentou que ainda não houve qualquer contacto entre as autoridades governamentais moçambicanas e a Junta Militar da Renamo.

Machava lembrou que Afonso Dhlakama já tinha acordado com o Chefe de Estado moçambicano que a Renamo estaria representada ao nível de todas as Forças de Defesa e Segurança, "mas não é isso que está a acontecer neste momento".

Ainda não houve qualquer reação por parte das autoridades governamentais à posição da Junta Militar da Renamo.

Pin It