O último balanço de mortos provocados pelo Idai subiu para 598, mais 80 do que no balanço anterior, anunciaram esta terça-feira as autoridades moçambicanas. Número de feridos mantém-se nos 1.641.

O número de mortos provocados pelo ciclone Idai e pelas cheias que se seguiram subiu para 598, anunciaram esta terça-feira as autoridades moçambicanas. O número de feridos mantém-se nos 1.641 e há 32.290 famílias a receber assistência humanitária.

De acordo com o mais recente boletim informativo do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC), o número de famílias e pessoas afetadas também subiu, para 195.287 e 967.014, respetivamente.

Este último balanço acrescenta mais 80 vítimas mortais desde esta segunda-feira, altura em que foi dada como concluída a fase de salvamento e resgate. O número de pessoas afetadas subiu de 843,723 para 967.014.

Pin It