Macau é o destino internacional convidado da Bolsa de Turismo de Lisboa, no ano em que o evento promete ser o maior de sempre. Oferta não vai faltar nestes cinco dias de feira, três dos quais dedicados ao público em geral. Há agências de viagens, hotéis, além de promoções e descontos, claro. Mas também há gastronomia, apresentações, experiências, concursos, experiências radicais e virtuais, degustações e até — novidade deste ano — um enorme espaço cultural.

A edição de 2019 da maior feira do setor do turismo em Portugal vai acontecer já entre os dias 13 e 17 de março, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações. Será, como habitualmente, dedicada aos profissionais da área nos primeiros dois dias, abrindo depois ao público em geral na sexta-feira dia 15, a partir das 17 horas.

Segundo a agência Lusa, citada pelo “Sapo24“, em 2019, e depois de cinco anos, a feira volta a ter quatro pavilhões, desta feita completamente cheios de empresas, o que leva a diretora da Bolsa de Turismo a afirmar que esta vai ser “a maior BTL de sempre”.

Segundo Fátima Vila Maior, o crescimento na participação foi transversal em vários setores: mais entidades a apostar na promoção do território, mais empresas de animação, mais câmaras municipais e entidades promotoras de turismo das várias regiões. E traduz-se também na criação de novos segmentos, como a novíssima BTL Cultural e o regresso do BTL Lab, a parte ligada ao turismo digital que se estreou em 2018 e que este ano duplica em área.

A diretora espera assim ultrapassar os 70 mil visitantes do ano passado, mantendo sempre o conforto e mobilidade de quem visita. É assim que resume os objetivos para o fim de semana que se avizinha: “Por um lado, dar condições aos visitantes para virem cá ter experiências, para conhecerem melhor o nosso País e para conhecerem melhor a oferta que existe internacionalmente. É um dia bem passado com a família. E, por outro lado, é poder ter a possibilidade de virem cá e em primeira mão comprarem a preços mais apetecíveis para as suas férias”, acrescentou.

A feira começa então na quarta-feira, dia 13, com os profissionais e dois dias de hosted buyers, que têm trazido à BTL cerca de 200 a 300 operadores internacionais. Dia 15 começa a ser recebido o público, que se pode então movimentar livremente pelos quatro espaços do espaço da FIL.

O pavilhão 1 tem as propostas nacionais e abre com Lisboa, o destino nacional convidado na edição de 2019. Conta ainda com as restantes regiões de Portugal: Alentejo, Algarve, Norte, Centro, Açores e Madeira.

A entrada do pavilhão 2 está reservada para o Seixal, o município convidado deste ano. Ainda aqui, além da BTL Cultural, também encontra a animação turística e a gastronomia. No pavilhão 3 vai estar localizada a BTL LAB, que representa a inovação no turismo e dá a conhecer 40 startups.

Por fim, no pavilhão 4 ficam as agências de viagens e destinos internacionais, destacando-se algumas novidades como Goa, que este ano está representada individualmente (costumava estar presente integrada na Índia) ou as Seychelles, por exemplo. A Autoridade do Turismo de Malta também se estreia na maior feira de turismo nacional.

Entre os vários stands e ofertas, pode encontrar viagens, destinos e hotéis mais baratos: já foram anunciados descontos de 50% para as unidades da Vila Galé e as Aldeias do Xisto baixam aos 30%, mas há muito mais.

Pode participar em concursos, conhecer pauliteiros de Miranda, andar à caça de ouro, fazer oficinas de doçaria ou cestaria, experimentar petiscos e vinhos. Há degustações, música, dança, bordados. E terá ainda uma bolsa da empregabilidade, com mais de dez mil ofertas de emprego na área do turismo.

A BTL vai estar aberta ao público na sexta-feira, 15 de março, entre as 17 e as 23 horas; no sábado, entre 12 e as 23 horas; e domingo, 17 de março, entre as 12 e as 20 horas.

Os bilhetes custam 6€ para adultos ou 3€ para estudantes, maiores de 65 anos e crianças entre os 11 e os 14 anos. Os miúdos até aos dez anos não pagam. Pode comprar o bilhete no local (mais um euro) ou online.

Entre os descontos, as ofertas e as novidades — como o navio-museu Gil Eannes pela primeira vez na BTL com stand próprio—, a edição deste ano é um mundo. Carregue na galeria para saber tudo o que pode ver, fazer, comprar, experimentar e encontrar na BTL 2019.

texto
Patrícia Naves

Pin It