A Secretária Regional da Energia, Ambiente e Turismo afirmou hoje, em Berlim, na Alemanha, que a promoção do destino é um "fator essencial para o continuado desenvolvimento turístico dos Açores”, prioridade sempre reforçada pelo Governo Regional.

“A nossa estratégia e o nosso investimento continuarão centrados na promoção do destino”, salientou Marta Guerreiro, reforçando que “a promoção assume uma grande importância no reforço da notoriedade dos Açores como destino de Turismo de Natureza nos mercados prioritários”.

“Entusiasmados com o nosso potencial, temos clara consciência dos grandes desafios para que o setor do turismo nos Açores continue o caminho de prosperidade que até aqui se tem verificado”, frisou a Secretária Regional, assegurando que o Executivo está empenhado em "garantir a distribuição de quem visita o arquipélago por todas as ilhas, aumentando a atratividade do destino fora das ditas épocas alta e média”.

“Encontramo-nos num momento de viragem, com a redução da sazonalidade de forma sistemática e mais acelerada nos últimos anos”, evidenciou a titular da pasta do Turismo, acrescentando que serão mantidos os “esforços de promoção e de ações concretas para a época baixa, para que esta estratégia se torne, cada vez mais, consolidada”.

“O turismo dos Açores tem feito um caminho extraordinário, com níveis sustentados de crescimento e com uma identidade consolidada, resultados que não surgem por acaso e que se devem ao trabalho contínuo dos últimos Executivos e de todo o setor privado nesta área, com a certeza de que, por via do turismo, é possível o desenvolvimento económico das nove ilhas”, sublinhou.

Marta Guerreiro, que falava à margem da Feira Internacional de Berlim, que decorre até domingo, referiu a importância de os Açores marcarem presença neste evento, por ser “a principal feira de turismo, onde há contacto com vários mercados, para além do alemão, efetivando-se muitas novas decisões importantes no setor”.

O mercado alemão representou no ano passado 13,2% das dormidas totais no destino Açores, com uma estada média muito significativa, de 3,90 dias, quando a média regional se situa nos 3,05 dias.

A Secretária Regional frisou que se trata de um mercado “onde praticamente 70% das dormidas são realizadas em Hotelaria Tradicional, 24% em Alojamento Local e 4,5% em Turismo em Espaço Rural", acrescentando, no entanto, que a procura dos turistas alemães por esta última tipologia de alojamento é a que regista valores mais elevados a nível regional.

Pin It