A Câmara Municipal de Angra do Heroísmo realizou no passado dia 23 de setembro de 2020 a sessão de apresentação do Guia do Investidor, instrumento desenvolvido pela empresa Ernst & Young (EY).

A EY é uma empresa de consultoria que tem como propósito criar um mundo melhor de negócios, ajudando a construir a confiança nos mercados de capitais e nas economias mundiais, proporcionando a várias empresas e regiões uma promoção do crescimento económico sustentável, através da captação de investidores e da progressiva interação com todos os stakeholders da envolvente económica para que haja um crescimento da mesma.

O Guia do Investidor de Angra do Heroísmo, disponível em português, inglês e mandarim, compila as principais informações úteis para a apresentação de Angra do Heroísmo como destino de investimento. No guia estão explanadas as vantagens da localização e posicionamento geográfico da cidade, dos seus recursos naturais e culturais, a diferenciação fiscal para as empresas que se fixem na cidade, os incentivos económicos derivados da autonomia das políticas económicas da Região Autónoma dos Açores, bem como o apoio local a nível de capital humano e infraestruturas de conhecimento, de que são exemplo a Start Up Angra, o Gabinete de Apoio ao Empresário e o Parque de Ciência e Tecnologia TERINOV.

“O Guia do Investidor de Angra do Heroísmo disponibiliza um vasto conjunto de informações de interesse para os agentes económicos, versando os aspetos mais relevantes para a vida empresarial e com maior impacto na promoção do investimento, constituindo-se assim como um meio útil para a captação de investimento nacional e estrangeiro em Angra do Heroísmo.” , refere Guido Teles, Vereador da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.

A apresentação do Guia do Investidor de Angra do Heroísmo, surge como mais uma medida integrada naquela que tem vindo a ser a estratégia do Município de Angra do Heroísmo de dinamização da economia, através da capitalização das suas vantagens competitivas únicas.

“O Município tem vindo a apostar na criação de novas oportunidades para os seus cidadãos, através de medidas que promovam não só a atração e fixação de mais investidores em várias áreas e setores emergentes de atividade, mas que também inovem nos setores mais tradicionais da economia Angrense, estabelecendo-se assim uma política de cooperação não só com outros municípios, mas também com outros agentes económicos a um nível nacional e internacional.” refere Guido Teles.

Pin It

Angra do Heroísmo