África registou 302 mortos devido à covid-19, nas últimas 24 horas, para um total de 30.596, em 1.275.815 casos de infeção, de acordo com os números mais recentes da pandemia no continente.

Segundo o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas registaram-se, nos 55 Estados-membros da organização, mais 8.159 casos e houve mais 6.041 recuperados.

No total, o continente soma 1.275.815 casos de infeção e 1.015.865 doentes já recuperaram, havendo assim 259.950 casos ativos, mais 2.118 nas últimas 24 horas.

O maior número de casos e mortos continua a registar-se na África Austral, com 680.495 infeções e 15.592 mortos. Só a África do Sul, o país mais afetado do continente, contabiliza 633.015 casos e 14.563 vítimas mortais.

O norte de África, a segunda zona mais afetada pela pandemia, tem agora 239.016 pessoas infetadas e 8.762 mortos e, na África Ocidental, o número de infeções subiu para 162.590 e o de vítimas mortais para 2.442.

Na região da África Oriental, o número de casos de covid-19 é de 138.765 e 2.754 mortos, e na África Central estão contabilizados hoje 54.949 casos e 1.046 óbitos.

O Egito, que é o segundo país africano com mais vítimas mortais, a seguir à África do Sul, regista 5.479 mortos e 99.425 casos, seguindo-se a Argélia, com 1.531 mortos e 45.469 casos.

Marrocos contabiliza hoje 66.855 infetados e 1.253 vítimas mortais.

Nos seis países mais afetados estão também a Nigéria, com 54.587 infetados e 1.048 mortos, e o Sudão, onde estão registados 13.189 infetados e 823 mortos.

Entre os países africanos lusófonos, Moçambique contabiliza 4.207 casos e 26 mortos, Cabo Verde tem 4.125 casos e 41 mortos e Angola 2.805 casos e 113 mortos.

A Guiné-Bissau soma 2.245 infeções e 38 mortos e São Tomé e Príncipe conta 896 casos e 15 vítimas mortais.

A Guiné Equatorial, que está integrada na Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), regista 4.965 pessoas infetadas e 83 mortes, segundo os dados divulgados na terça-feira.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro país da África subsaariana a registar casos de infeção, em 28 de fevereiro.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 863.679 mortos e infetou mais de 26 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Pin It

Angra do Heroísmo

Notícias Regionais

Ilha Terceira

Economia

Startups

Outras Notícias

Mundo

Cultura

Saúde

Sociedade

Motores

Motores