O município de Maputo vai encerrar, a partir da próxima segunda-feira, 15, encerrar, temporariamente 63 mercados e feiras da capital, para travar a propagação da COVID 19.

A medida surge porque já há casos positivos diagnosticados nos mercados da Cidade de Maputo, disse a vereadora do pelouro de saúde e ação social no município, Alice de Abreu.

“Por um lado, queremos aproveitar o momento para reorganizar os mercados e feiras de maior aglomerados, mas, sobretudo, porque já começamos a registar focos de infeção em alguns mercados” disse a vereadora.

O primeiro mercado a encerrar será o famoso Xipamanine, nos arredores, que conta nos seus registos, com cerca de 11 mil vendedores, entre formais e informais.

Os vendedores a serem abrangidos manifestam-se preocupados, não só por saber que a doença está no meio deles, mas também porque não sabem o que fazer durante o encerramento.

A decisão é tomada no dia em que Moçambique ultrapassa a barreira de 500 casos positivos da Covid-19. Totaliza actualmente 509 casos, dos quais, 20 foram detetados nas últimas 24 horas.

Pin It

Angra do Heroísmo

Notícias Regionais

Ilha Terceira

Economia

Startups

Outras Notícias

Mundo

Cultura

Saúde

Sociedade

Motores

Motores