A pandemia da covid-19 já provocou a morte a pelo menos 313.611 pessoas e infetou 4.680.700 em 196 países e territórios, segundo um relatório elaborado pela AFP e divulgado hoje às 19:00 TMG (20:00 em Lisboa).

Entre estes casos, pelo menos 1.670.100 são agora considerados curados, adianta a mesma fonte.

Desde a contagem realizada no sábado, foram contabilizados mais 4.315 mortos e 91.849 novos casos de infeção pelo novo coronavírus em todo o mundo, tendo os Estados Unidos da América sido o país que apresentou mais vítimas mortais nas últimas 24 horas, com 1.216, seguido pelo Brasil, com 816 mortos, e da França, com 483.

Os Estados Unidos, que registaram a primeira morte ligada ao novo coronavírus no início de fevereiro, constituem o país mais afetado tanto em número de mortos (89.207) como em casos de infeções (1.478.241 pessoas).

No segundo lugar da lista dos mais afetados consta o Reino Unido, com 34.636 óbitos em 243.303 casos relatados, seguido da Itália, com 31.908 mortos entre os 225.435 infetados, e a França, com 28.108 vítimas mortais em 179.569 casos.

O quinto lugar volta a ser ocupado pela Espanha, que soma 27.650 mortos em 231.350 infetados.

Entre os países mais atingidos, situa-se a Bélgica que tem a maior proporção de mortes relativamente ao total da sua população, apresentando 78 mortos por cada 100.000 habitantes, seguida pela Espanha (59), Itália (53), Reino Unido (51) e França (43).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a pandemia começou no final de dezembro, contabiliza oficialmente um total de 82.947 casos (seis novos infetados desde sábado), incluindo 4.634 mortes (uma nova) e 78.227 curados.

O Nepal e Madagáscar anunciaram, nas últimas 24 horas, as primeiras mortes ligadas ao novo coronavírus nos seus territórios.

Em Portugal e segundo a Direção-Geral da Saúde, o número de mortes atingiu hoje os 1.218, mais 15 do que no sábado, e 29.036 infetados, mais 226 casos.

A Europa totalizava hoje, às 20:00 de Lisboa, 166.647 mortes em 1.890.453 casos, os Estados Unidos da América e o Canadá 95.077 mortes (em 1.555.185 casos), a América Latina e Caraíbas 28.715 mortes (em 508.623 casos), a Ásia 12.176 mortes (em 355.378 casos), o Médio Oriente 8.135 mortes (em 279.994 casos), a África 2.735 mortes (em 82.684 casos) e a Oceânia 126 mortes (em 8.391 casos).

A contabilização da AFP foi feita com dados fornecidos pelas autoridades nacionais competentes e pela Organização Mundial da Saúde às delegações da agência de notícias francesa.

A agência alerta que os números da evolução de mortes e infeções pela covid-19 nas últimas 24 horas podem não corresponder exatamente aos publicados no dia anterior devido a correções feitas pelas autoridades ou à publicação tardia de dados.

Além disso, refere a AFP, o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número real de infeções, já que um grande número de paíse

Pin It

Angra do Heroísmo

Notícias Regionais

Ilha Terceira

Economia

Startups

Outras Notícias

Mundo

Cultura

Saúde

Sociedade

Motores

Tecnologia

Música

Desporto

Podcast