O Firenza é um modelo de carro oferecido pela Vauxhall de maio de 1971 até 1975. Foi um desenvolvimento do Viva, mas tinha um estilo de carroça coupé (fastback) e apenas duas portas. Na África do Sul, foi vendido como o Chevrolet Firenza até que foi substituído pelo Chevrolet 1300/1900 durante 1975. Seu nome é derivado de Firenze, o nome da cidade italiana conhecida em inglês como Florença.

O Firenza inicial estava disponível em uma válvula de base modelo 1159 cc e dois modelos com eixo de comando de válvulas, em versões de 1598 cc e 1975 cc. O último foi o mesmo motor usado no antigo Viva GT. Cerca de seis meses após o lançamento, em dezembro de 1971, o desempenho foi impulsionado quando as capacidades do motor foram ampliadas para 1256 cc, 1798 cc e 2279 cc, respectivamente. Todos os modelos tinham um motor de quatro cilindros montado na dianteira que impulsionava as rodas traseiras. A suspensão era um double wishbone e as molas helicoidais na frente, e um eixo traseiro vivo com braços e bobinas à direita. O modelo SL em cada tamanho de motor carregava o mais alto nível de acabamento.

As mudanças no modelo no início de 1972 incluíram a introdução de um modelo 2300 Sport SL topo de linha (apresentado no Salão Automóvel de Genebra), usando o motor de 2279 cc. O 2300 Sport SL foi a única versão a apresentar o marcador de sete marchas (velocímetro, relógio, conta-rotações, combustível, pressão do óleo, temperatura da água e carga da bateria). O motor era um de quatro cilindros inclinado com árvore de cames única no cabeçote e dois carburadores gêmeos Stromberg, produzindo 122 cv (91 kW; 124 cv). O motor quádruplo reto da oversquare era renomado por sua grande curva de torque, tornando o carro muito flexível e fácil de dirigir. O interior foi equipado com assentos de balde, frente e verso, para transportar quatro pessoas. O console central com controles de aquecimento e luzes de advertência era bastante distinto e luxuoso para a época.

A 2300 Sport SL foi disputada pela Dealer Team Vauxhall, após os seus sucessos com o Viva GT. Nas cores Castrol, esses carros tiveram muitos sucessos.

Pin It

Angra do Heroísmo

Notícias Regionais

Ilha Terceira

Economia

Startups

Outras Notícias

Mundo

Cultura

Saúde

Sociedade

Motores

Tecnologia

Música

Desporto

Podcast