A série MG T é uma linha de carros desportivos abertos de dois lugares com estrutura em corpo e muito pouca proteção contra intempéries que foram produzidos pela MG de 1936 a 1955. A série incluía o MG TA, o MG TB, o MG TC, o MG TD, e modelos MG MG Midget. O último desses modelos, o TF, foi substituído pelo MGA.

O nome TF foi reintegrado em 2002 no carro esportivo MG TF de motor central.

O TF Midget, lançado em 15 de outubro de 1953, era um TD facetado, equipado com o motor TD Mark II, faróis acesos nos pára-lamas, uma grade de radiador inclinada escondendo um radiador separado e um novo sistema de resfriamento pressurizado junto com um tampa do radiador externo simulado. [1] A taxa de compressão deste motor XPAG foi aumentada para 8,1: 1 e válvulas extra-grandes com molas de válvula mais fortes e carburadores maiores aumentaram a produção para 57,5 ​​cv a 5.500 rpm. 

Em meados de 1954, a capacidade do motor foi aumentada em 17% para 1466 cc e designada XPEG. O diâmetro foi aumentado para 72 mm (2,8 pol) e a compressão aumentada para 8,3: 1, dando 63 CV (47 kW) a 5.000 rpm e um aumento de 17% no torque. O carro foi designado TF1500, e externamente distinguido por uma placa de identificação de esmalte de fundo creme em ambos os lados do capô, colocado apenas na parte traseira dos botões de liberação da tampa dianteira.

A produção terminou no número de chassi TF10100 em 4 de abril de 1955, depois de 9.602 TFs terem sido fabricados, incluindo dois protótipos e 3.400 TF1500s. O TF foi substituído pelo MGA.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Tecnologia