Nas primeiras horas de trabalho, os mineiros destacados já conseguiram percorrer uma distância considerável, apesar dos contratempos. O menino de dois anos estará, agora, mais perto de ser resgatado.

Este é o 12.º dia de operações para tentar resgatar Julen, o menino de dois anos que caiu num poço, em Totalán, Málaga. Os mineiros deslocados das Astúrias que perfuram o subsolo conseguiram, após as primeiras horas de trabalho, alcançar cerca de metade da distância prevista para o final do resgate, segundo o ‘El País’.

A galeria começou a ser escavada à mão por mineiros, esta quinta-feira, dia 24 de janeiro, a partir do túnel aberto pelas autoridades, paralelo ao buraco profundo e estreito onde a criança caiu.

Os trabalhos sofreram alguns contratempos devido a saliências encontradas nos últimos metros do túnel de 60 metros. Os técnicos tiveram que passar a trabalhar diretamente no tubo e a escavar manualmente uma galeria vertical.

As complexas características do terreno também tornaram necessárias já duas pequenas explosões controladas, que exigiram a intervenção da Guarda Civil, conforme relatou a subdelegação do Governo em Málaga.

 

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Saúde

Sociedade

Tecnologia