O Reino Unido tornou-se hoje no primeiro país a administrar a vacina desenvolvida pelo laboratório britânico AstraZeneca e pela Universidade de Oxford, acelerando a campanha de vacinação iniciada em dezembro contra a pandemia de covid-19.   

Brian Pinker, britânico de 82 anos, foi o primeiro a ser inoculado, no Hospital Churchill da Universidade de Oxford, com a primeira vacina "nacional".

Cerca de 520 mil doses estão prontas para serem distribuídas, indicou o Serviço Nacional de Saúde britânico (NHS), através de um comunicado difundido hoje. 

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.835.824 mortos resultantes de mais de 84,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 7.118 pessoas dos 427.254 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Na Europa, o maior número de vítimas mortais regista-se na Itália (74.985 mortos, mais 2,1 milhões de casos), seguindo-se Reino Unido (74.570 mortos, mais de 2,5 milhões de casos), França (65.037 mortos, e mais de 2,6 milhões de casos) e Espanha (50.122 mortos, mais de 1,8 milhões de casos).

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Startups

Economia

Outras Notícias

Mundo

Saúde

Sociedade

Motores

Motores

Tecnologia

Podcast