A equipa chinesa que está a estudar o desenvolvimento de uma vacina para o coronavírus anunciou, esta terça-feira, que espera dar início aos testes nos próximos 40 dias. No projeto, anunciado há dois dias, participam o Hospital Oriental de Xangai – ligado à Universidade Tongji - e a empresa de biotecnologia Stermina Therapeutics.

O conselheiro delegado da empresa, afirmou à agência estatal Xinhua que não são precisos mais de 40 dias para fabricar as amostras, que serão enviadas para realizar testes nos centros médicos. Li Hangwen não especificou, no entanto, uma data para que os medicamentos cheguem ao mercado.

Também a farmacêutica norte-americana Johnson&Johnson começou a desenvolver uma vacina, embora os prazos apontem para que seja preciso um ano para a vacina chegar ao mercado.

Recorde-se que o 2019-nCoV matou pelo menos 106 pessoas e deixou 4684 infetadas.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Cultura

Saúde

Sociedade

Tecnologia

Motores

Tecnologia