O alho contém selénio, que tem uma forte ação antioxidante e evita o envelhecimento precoce das células.

Popularmente conhecido como um potente anti-inflamatório natural, o alho também é amplamente usado na culinária. Todavia, os benefícios deste alimento vão muito além do sabor e do combate às inflamações.

Leia Também: Os benefícios das castanhas, para que se delicie sem culpas neste outono

De acordo com o nutrólogo André veinert, em declarações à publicação Minha Vida, o alho é rico em selénio, que tem ação antioxidante e evita o envelhecimento celular; e em germânio que segundo estudos recentes transporta oxigénio para os tecidos e também tem propriedades contra o cancro, além de conter as vitaminas A, B1, B2, C e minerais como cálcio, enxofre, iodo, magnésio, selénio, sódio e zinco.

No caso das mulheres que sofrem de tensão pré-menstrual, o alho pode ser um bom aliado. Segundo o especialista, o alimento alivia os sintomas como dores de cabeça, dores na região lombar e nas mamas graças a sua atuação na eliminação de substâncias tóxicas no organismo.

O alho é ainda considerado um alimento termogénico e por essa razão pode auxiliar na perda de gordura e acelerar o processo de envelhecimento. As cápsulas de alho concentrado em gel também podem ser usadas durante o processo de perda de peso, desde que orientadas por um profissional.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Cultura

Saúde

Sociedade

Tecnologia

Motores

Tecnologia