Para colmatar ausência de receitas do Carnaval

 

O Presidente da Câmara Municipal da Praia da Vitória, Tibério Dinis, assinou, esta sexta-feira à tarde, os contratos de apoio com as direções dos salões do Concelho que habitualmente recebem danças e bailinhos de Carnaval, mas que, este ano, estarão fechadas, por estes dias, em virtude da situação epidemiológica vigente.

“Em face do momento que vivemos e das medidas decretadas para segurança e proteção da saúde pública, este ano não se realiza o nosso Carnaval, estando as coletividades e associações que habitualmente recebiam as danças e bailinhos por estes dias impedidas de realizar uma das suas principais – senão a principal – fonte de receita. Assim, a Câmara Municipal da Praia da Vitória deliberou aprovar um apoio de 5000 euros a atribuir aos 15 salões do Concelho, para que estes possam, de alguma forma, minimizar os impactos negativos da situação”, afirmou o edil.

Tibério Dinis refere que este apoio total de 75 mil euros visa “compensar a perca de receitas que as associações, coletividades e sociedades vão registar”, uma vez que “a não realização do Carnaval da ilha Terceira, esta enorme manifestação da riqueza cultural da nossa ilha e das nossas gentes, constituiu um forte revés nas contas das associações, coletividades e sociedades e na consequente implementação dos seus planos de atividades”.

Este apoio de caráter extraordinário – considerando que não é incompatível com candidaturas a outros sistemas de apoio municipal – foi deliberado pelo Município, “de modo a que as associações possam manter uma receita que lhes permita fazer a sua gestão diária e garantir a sustentabilidade futura destas salas de espetáculo”, acrescentou Tibério Dinis.

O Presidente da Autarquia praiense diz que o objetivo é assegurar o mínimo de normalidade na gestão das coletividades para que, “mal passando a pandemia, as nossas salas de espetáculo voltem a receber espetáculos e cultura nas diversas localidades”.

A cerimónia de assinatura dos contratos de apoio decorreu no Salão Nobre dos Paços do Concelho, cumprindo-se todas as regras de distanciamento social e uso obrigatório de máscara, tendo sido subscritos os apoios com todas as associações, coletividades e sociedades que entregaram a documentação exigida até ao momento. Quanto às entidades que ainda não procederam à entrega de toda a documentação, os contratos serão assinados quando estiverem em conformidade todas as diligências exigidas.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Startups

Economia

Outras Notícias

Mundo

Saúde

Sociedade

Motores

Motores

Tecnologia

Podcast