A Diretora Regional dos Recursos Florestais afirmou hoje que as obras de recuperação e beneficiação de duas lagoas artificiais na ilha Terceira, feitas maioritariamente com meios próprios dos Serviços Florestais, permitem preservar o património, reforçar o abastecimento de água aos agricultores e qualificar espaços florestais muito visitados por residentes e turistas.

“Estão em causa investimentos de pequena monta, feitos maioritariamente com recursos aos funcionários dos serviços, mas que têm um grande alcance do ponto de vista ambiental e económico, que visam não só embelezar as Reservas Florestais como abastecer o setor agrícola com mais água”, referiu Anabela Isidoro, à margem de uma visita às obras na Lagoa das Patas e no Tanque Catarina Vieira, no concelho de Angra do Heroísmo, que estão em fase final de conclusão.

Relativamente à reabilitação do Tanque Catarina Vieira, localizado na freguesia das Cinco Ribeiras e que estava inoperacional há vários anos, Anabela Isidoro revelou que esta estrutura tem capacidade para armazenar mais de dois milhões de litros de água, tendo sido construídas novas canalizações e três pontos de abastecimento de água para servir os agricultores.

“A recuperação destas duas infraestruturas, a par dos investimentos que têm vindo a ser feitos na ilha ao nível de caminhos, abastecimento de água e eletrificação, são muito importantes para capacitar o setor agrícola para os desafios futuros, para criar mais e melhores condições para o seu desenvolvimento, bem como para reforçar a sustentabilidade ao nível da gestão dos recursos hídricos”, afirmou a Diretora Regional.

A intervenção na Lagoa das Patas, integrada na Reserva Florestal de Recreio da Lagoa das Patas, permite devolver ao usufruto de residentes e turistas uma lagoa artificial singular, considerando que se encontrava com várias zonas assoreadas, bem como com presença excessiva de nenúfares.

“Esta lindíssima lagoa artificial, abastecida pela Ribeira Brava, foi construída há mais de 50 anos pela então Administração Florestal da Terceira, que, utilizando barro, impermeabilizou o solo. O seu estado exigia uma intervenção de fundo, para lhe devolver a beleza inicial”, frisou Anabela Isidoro, acrescentando que as Reservas Florestais de Recreio são ativos muito importantes para o lazer e bem-estar da população local e de quem visita a Terceira.

A Diretora Regional adiantou que estão igualmente a ser desenvolvidos trabalhos de beneficiação dos acessos envolventes à lagoa, ao nível das mesas de merendas, grelhadores, retelho de zonas cobertas e casas de banho, bem como pinturas das estruturas, conferindo mais conforto e segurança a quem queira usufruir deste espaço natural.

A Reserva Florestal de Recreio da Lagoa das Patas localiza-se no interior da ilha, na freguesia de São Bartolomeu dos Regatos, no concelho de Angra do Heroísmo.

Pin It

Angra do Heroísmo

Notícias Regionais

Ilha Terceira

Economia

Startups

Outras Notícias

Mundo

Cultura

Saúde

Sociedade

Motores

Motores