A Secretária Regional da Solidariedade Social destacou, na Praia da Vitória, a campanha promovida pelo Governo dos Açores para facilitar e promover o acesso a habitação própria e permanente, através da cedência de 150 lotes infraestruturados em vários loteamentos no arquipélago.

Andreia Cardoso falava segunda-feira na sessão pública de esclarecimento sobre o concurso para a cedência de 19 lotes para construção de habitação própria, situados no loteamento de São Brás.

“Estes 19 lotes de São Brás integram um conjunto mais vasto de 150, cedidos pelo Executivo açoriano a baixo preço, com o sentido de facilitar o acesso a habitação própria permanente para aqueles que o desejarem e reunirem as condições mínimas para tal”, frisou.

Para além de São Brás, serão cedidos lotes em loteamentos existentes nas freguesias de Arrifes, Ginetes, São Vicente Ferreira, Santa Clara, Achadinha, Água D’Alto e São Roque, na ilha de São Miguel, em Santa Cruz das Flores, na Urzelina, em São Jorge, em Vila do Porto, em Santa Maria, na Praia, na Graciosa, e na Horta, no Faial.

A responsável pela pasta da Habitação adiantou que já estão a decorrer os concursos para a cedência de lotes nas freguesias de Água D’Alto e Santa Cruz das Flores, a que se seguirão, depois de São Brás, os concursos em Vila do Porto, Urzelina, Ginetes e Achadinha.

“Todos os concursos serão precedidos de uma sessão pública de esclarecimento nas localidades dos loteamentos, como forma de promover a informação e o esclarecimento direto aos interessados das condições dos concursos a lançar”, disse Andreia Cardoso.

Ao apoio resultante da cedência de lotes e respetivos projetos a baixo custo, acrescentou a Secretária Regional, “acresce também o apoio à construção da habitação, que mereceu um reforço de 35% em 2019 por parte deste Executivo”.

Pin It

Angra do Heroísmo

Ilha Terceira

Notícias Regionais

Economia

Startups

Outras Notícias

Cultura

Saúde

Sociedade

Tecnologia

Motores

Tecnologia